[SUYO - Ordem Rank D] The Stars Power

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[SUYO - Ordem Rank D] The Stars Power

Mensagem por Suyoshi Himura em Sex Set 30, 2016 9:58 pm

Recognise your new god!
 

Mais uma missão de escolta? Tudo bem, não era bem isso o propósito, mas os procedimentos seriam os mesmos. Tinha que proteger uma garota para que enfim ela conseguisse concluir o tal ritual que prestavam para as estrelas; coisa assim.
 
Em passos curtos deixou o prédio do conselho, descendo os pequenos degraus que  direcionavam para a porta, levantava sua mão saudosamente para os dois guardas presentes na porta e esbanjava um sorriso para ambos. – Iae caras! – Prosseguia andejando pelo caminho, virava-se de costas para ver a reação dos mesmos e então apontava seus indicadores para cada um deles. – Não trabalhe muito, isso faz mal! – Conseguirá ver uma expressão vazia vinda de ambos, isso era normal e já havia se acostumado. Desde que chegará ali eram poucos os que agiam com simpatia e retrucavam os seus cumprimentos.
 
No papel da missão dizia que precisava garantir a segurança de uma pequena maga, não havia muitas descrições sobre ela, mas ela o reconheceria por conta da marca de cavaleiro presente em sua mão direita. Andejava pelas ruas da cidade, traçando a região comercial, a estação e rumando até a praça onde prestariam o tal ritual. Sabia que aquilo tudo tinha uma explicação lógica, os deuses não enviariam poderes para os humanos de forma tão simplória assim, era a prova viva de que eles reencarnavam em corpos para que enfim espalhassem seu poder pelo mundo. Era um deles.
 
Após um curto período de tempo de caminhada encontrou o lugar, havia se perdido apenas duas vezes dessa vez, estava realmente se habitando com o cenário da cidade. Levantou o folheto presente em sua mão esquerda e outra vez leu as instruções do tal. – Pequena maga... – Repetiu em voz baixa enquanto virava em meio a multidão que se reunia, queria encontrar uma garota de estatura baixa, coisa que não foi muito difícil de se fazer. Acima de alguns caixotes de laranja presentes em uma banca da feira uma jovem de cabelos alaranjados tinha sua mão sobre a testa e olhava em direções diferentes em busca de algo; nesse caso seria alguém. Sem hesitar partiu rumo à criança.
 
– Hey pequena! – Se aproximou já levantando sua mão que segurava o folheto para cima, direcionava seu indicador destro contra o mesmo no intuito de demonstrar que seria a pessoa que prestaria serviço para ela. Conseguiu uma breve atenção da jovem, isso apenas resultou para que se aproximasse um pouco mais. – Então é você quem busca por proteção? – Recuou com o panfleto e o enrolou, seguidamente depositou o mesmo dentro de seu kimono. A garotinha parecia confusa até então, mas rapidamente se tocou do que se tratava e então se sentou sobre a beira dos caixotes e estendeu a mão em busca de ajuda. Não negou seus serviços, estendeu seus braços e então levantou a mesma para que conseguisse depositá-la sobre o chão. – Oi, eu sou Yuka! – A pequena abriu um sorriso em seus lábios e seguidamente rodopiou. – O senhor vai me ajudar a vencer o festival? – Disse com clareza, afinal esse era o motivo pelo qual foi chamado ali. Suyoshi balançou sua cabeça em consentimento, estava prestes a dizer algo, mas interrompido por uma voz vinda de um amplificador.
 
“Senhoras e senhores, a noite logo irá cair e então as estrelas irão surgir, se preparem. YAHOOOO!”
 
 Gritos se levantaram por toda a praça, em prol disto a pequena se afugentou e então se agarrou sobre as pernas do rapaz. Não conseguia entender o fato de ter tanto medo, mas pelo o que estava escrito na descrição da ordem a situação ali se tornava um pouco perigosa em prol da ambição de todos. Depositou sua mão direita sobre a cabeça da pequena e bagunçou seus cabeços, tentou parecer o mais simpático possível para que ela conseguisse se acalmar. – Não tenha medo, é apenas um bando de bobões, você vai vencer todos eles! – Firmou seus olhos e fechou seu punho em um sinal motivador. Um pequeno olhar de confusão se fez na face da criança, mas no fundo o mesmo conseguia sentir que ela ainda tinha um pouquinho de motivação para vencer aquilo.
 
Passados alguns minutos a noite enfim caiu, a agitação das pessoas que estavam por ali era imensa, alem disso estrondos já poderiam ser ouvidos de um lado, enquanto isso objetos e até mesmo pessoas eram arremessadas de um lado para o outro. Finalmente havia entendido o propósito da coisa, quanto menos pessoas fossem sujeitas aos efeitos das estrelas a concorrência seria muito menor depois. Como a humanidade é egoísta, querer privar algo somente para si, isso sim é uma atitude vinda de verdadeiros selvagens egoístas.
 
Olhou diretamente para a pequena que se assustava novamente, precisava fazer com que a mesma vencesse, era um cavaleiro e tinha que cumprir com o que lhe era designado. – Yuka, vamos acabar com eles! – Se arcou e então depositou suas mãos sobre a cintura da mesma, com o mínimo de esforço ergueu seu corpo e a colocou acima de seus ombros. – Já! – Rapidamente seu corpo foi tomado por um borrão, uma lâmina que era enviada em sua direção prosseguiu e acertou em um homem pelas proximidades; por poucos.
 
Tanto o corpo de Suyoshi quanto o de Yuka compareceu em outra região, estavam acima da cabeça de um homem que logo ficava aos prantos com a situação. – Me desculpa amigão! – Impulsionou-se pela frente e prosseguiu correndo pisando sobre a cabeça de alguns homens. Apesar de toda a agitação que estava acontecendo por ali a pequena levantava suas mãos e fechava seus olhos, parecia estar feliz em praticar o ritual que tanto queria.
 
Chegou um momento que o número de pessoas por ali havia diminuído para um pouco menos que a metade, apenas aqueles que possuíam um grande senso defensivo conseguiam se manter. Precisava resistir somente um pouco mais, o suficiente para que o tempo do ritual terminasse a pequena concluísse o mesmo. Apesar dos pesares estava se divertindo com tudo aquilo.
 
Ainda desfrutava da técnica de pisotear a cabeça dos outros, em certos momentos precisava se teletransportar por conta do espaçamento, mas nada estava lhe limitando de verdade. Rajadas de fogo direcionavam-se em prol de sua localização, com tempo de sobra conseguia escapar e ainda dar seguimento a ataques que limitassem seus inimigos. Chutar cabeças é algo fácil quando se é um perito em acrobacias, ainda mais quando se pode teletransportar diretamente para a cabeça de cada um.
 
Já estava trabalhando na defensiva por um bom tempo, não havia sido tocado uma única vez por um ataque adversário, poderia dizer o mesmo da criança sentada sobre seu cangote. A grandiosa luz emanada das estrelas parecia se cessar; estava ficando tarde e as mesmas enfim dissipavam-se sobre a imensidão do luar.
 
Após a conclusão os ataques terminarão, não havia motivos para um atacar ao outro se eles haviam falhado em eliminar sua concorrência; pelo menos havia conseguido diminuir os números. Yuka esbanjou um imenso sorriso, gargalhava de felicidade e então abraçou a cabeça do Cavaleiro. Já fazia um bom tempo que não recebia um ato de afeto tão sincero assim. – Você conseguiu Yuka. – Desviou seus olhos para cima, por mais que não conseguisse ver a face da mesma conseguia sentir as vibrações. – Você é demais irmãozão! – Gritou ela que mantinha sua comemoração.
 

Estava tarde, precisava retornar para o conselho e entregar o relatório de sua missão, mas antes precisava deixar a garota em casa. Seguindo os comandos de Yuka a entregou diretamente na mão de seus pais, fora chamado para provar uns biscoitos em sua residência, claramente não pode recusar; precisava experimentar tudo o que existia naquele mundo. Após se despedir voltou para o prédio do conselho ao centro da cidade. Sua noite havia sido produtiva, alem disso tinha uma nova amiga.



Magia Utilizada:
Nome: God Teleportation - Omega Ω
Rank: D
Base: Suporte
MP Gasto: 20
Duração: Imediata
Alcance: 15m
Descrição: O usuário desfrutando de sua capacidade mágica consegue teletransportar a si próprio ou qualquer corpo que mantenha contato em um raio de 15m; se assim for a sua vontade. A área precisa estar dentro de seu campo de visão ou ter sido pré-analisada.

Missão:

Nome: The Stars Power
Rank:  D
Descrição:  Ao chegar certo período do ano no centro de hargeon, alguns magos se reúnem para usar magias sobre a luz das estrelas, assim eles ganham mais poderes. Sabendo disso, certas guildes tentam abater os outros magos durante o festival. Uma pequena maga quer ganhar o poder deste festival, assim a mesma nos contratou para defende-la dos outros magos. Sua missão é não deixar que a garota seja tocada.
Recompensa: 2.000,00 Jawels

(ross)


     
No need to have open eyes to see the sun, or you must have ears sharp to hear the thunder.
To be victorious you need to see what is not visible.
avatar
Suyoshi Himura
Rank D
Rank D

_-*/|Barra de Comportamento*-_ 100%

teleportation
Nivel Nivel : 4

Ficha do personagem
HP:
250/250  (250/250)
MP:
400/400  (400/400)
Pontos de Exp:
150/200  (150/200)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [SUYO - Ordem Rank D] The Stars Power

Mensagem por ADM Pandy em Sex Set 30, 2016 10:01 pm

Missão Concluída!


Ranqueamento da missão: D
Recompensa da missão [XP]: 50exp
Recompensa da missão [Jewels]: 2.000J
Qualidade da postagem: Boa
~favor pedir atualização na ficha
avatar
ADM Pandy
Admin
Admin

_-*/|Barra de Comportamento*-_ 100%


Ficha do personagem
HP:
50/50  (50/50)
MP:
50/50  (50/50)
Pontos de Exp:
0/0  (0/0)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum