[C-IX] Remando

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[C-IX] Remando

Mensagem por Arc em Sab Set 17, 2016 10:13 am

☾ Soren ☽

If you want to go ahead with glory, be aware that it is sometimes necessary to change the game strategy radically. You may lose many parts and many battles along the way. And no matter how much you suffer, how much you take. You need to gather your strength and move on!





Esse choque de temperatura que enfrentava cada vez que saia da nave estava se tornando incomodo, aquelas areias pareciam estar mais pesadas que o de costume, ou seria apenas meu receio sobre essa missão? Desde que adentrei na Guilda, ela parecia inteiramente abandonada, sem outros membros além de mim e Heishiro-San. Os ventos do deserto estavam mais fortes do que nunca, fui ensinado desde novo que aquilo poderia significar a vinda de uma imensa tempestade de areia. Cobrindo meu rosto com aquele sobretudo, continuei vagando por aquele mar de grãos até chegar à Balsam. Outra vez aquele pé de montanha, o mesmo lugar onde aquele senhor alugava camelos vivia, porém, havia uma placa no local. A placa era o registro que comprovava sua deixa como criador de expedições, talvez tudo aquilo que tenha visto na missão passada, fora o suficiente para ele temer que minha sanidade se esvaísse completamente. Sem a menor intenção, minhas sobrancelhas franziram diante daquela notícia, um sentimento de desgosto tomou meu corpo inteiro, todavia, meu objetivo não era lamentar a distância que as pessoas tomavam de mim, mas sim, buscar meus pseudo companheiros.


Além daquela montanha se tinha a cidade de Oshibana, cidade que outrora tinha sido o local de várias revelações pra mim, onde a primeira vez o desespero tomou conta da minha resiliência por inteiro. Como um ex aventureiro, mesmo que minhas buscas fossem diferenciadas dos de profissão, estava ciente de que próximo ao lado sul, além de uma ferraria, existia uma estação de trem que poderia usar para chegar até Balsam. Enquanto me guiava até lá, olhava por cada poste de luz, em busca dos panfletos de Guntter que antes convidavam para expedições no deserto, mas notei que não havia nenhum, que ela tinha mantido sua palavra desde o começo — Obrigado ... — Sem o intuito direto, acabei esboçando um sorriso ao me recordar de tudo aqui. Enfim, a estação ferroviária estava ali na frente, mas não havia dinheiro para pagar, pelo menos, não tinha intuito de gastar algum. A segurança era forte, então qualquer tentativa drástica poderia gerar um alvoroço ainda maior — Quero duas passagens; pra mim e para meu filho! — Aquela voz era familiar, antes que meus olhos pudessem acompanhar a direção de onde ela vinha, minha mente já respondeu por si só; era Guntter. Com o mesmo sorriso calma e pacato que pairava em seu rosto, ele estava lá, parado, apenas fixando sua bondade diante de mim. Não poderia simplesmente ignorar aquela ação que tinha, afinal, deveria atuar para que acreditassem em seu dito — Vamos, papai, temos muito o que conversar — Minhas palavras já se finalizavam em meio ao piso metálico do trem, quando fui acompanhado por Guntter.


Sentados um em cada lado do vagão, era hora de fazer várias perguntas que ainda não foram respondidas, além do mais, nem se quer foram feitas. Antes que pudesse reagir e abrir minha boca, Guntter já iniciou o assunto — Antes que pergunte, logo aviso: Não sei onde seu pai está! — Mais da metade de minhas perguntas haviam se quebrado ao meio — Conheci você e seu pai em um festival que reunia todos os jogadores do mundo, e ele, como sempre, venceu à todos — Curvei meu corpo e pousei meus cotovelos em minhas pernas, mostrando estar interessado no assunto — Eu fui o último que o enfrentou, mas a forma que ele tinha de pensar era abnormal. Ele tinha uma tática para cada jogada, uma para cada erro, uma ... para tudo — Meu pai era tão formidável assim? Não dava para imaginar que alguém seria tão bom. Perante essas palavras, não conseguido calcular o tamanho da montanha que existe entre mim e meu pai — Antes que ele fosse embora, fui perguntar como ele era capaz de ser tão bom naquilo que fazia, porém ele, com um bebê em seus braços respondeu: "A vida é um jogo, meu caro amigo." — Com os olhos esbugalhados, não fazia ideia das coisas que estava ouvindo, não conseguia faze-las se encaixarem na minha cabeça. Minha mente estava tão branca e vazia, que nem mesmo o barulho dos freios do trem eram possíveis se distinguir — Naquele momento, comecei a gritar com ele, dizer que aquela vida perigosa de se arriscar jogando com pessoas poderia mata-lo, afinal, ele já havia se envolvido em jogos com máfias e outros afins. Apontando para você, Sora ... — Impressionante. Não imaginaria que Guntter saberia meu nome. De fato, tudo isso que ele está me contando não é um blefe — Perguntei-o se não se importava com sua pobre vida, mas ele respondeu ... — Naquele momento o trem havia parado. A cidade Oshibana estava logo ali, rapidamente, me levantava e caminhava para fora do vagão. Guntter parecia assustado, pois não queria ouvir as últimas palavras que ele tinha pra me dizer — Muito obrigado por tudo, Guntter-San, mas já imagino as palavras que meu pai diria — Saindo daquele vagão, estava indo até minhas duas companheiras, pelo menos, as buscando.


— É como você disse, Kumo-Ni: "Este é meu filho, Sora, o céu que paira sob todas as existências, a peça que avança sobre todo o solo, o Deus, que protege todas as almas; ele sim, é o jogador que ganhará esse game que chamamos de vida!" —



Generally, in a story where someone is trapped in another world, does all it can to find the way home, right? why go back to a world like that?


Status; Full






“- “My throat hurts and I am unable to breathe. I hear someone’s cries in the distance. Because my throat hurts so much, I then realise the person screaming is me.”” – Sakunosuke Oda
avatar
Arc
Rank C
Rank C

_-*/|Barra de Comportamento*-_ 100%

card
Nivel Nivel : 3

Ficha do personagem
HP:
375/275  (375/275)
MP:
375/275  (375/275)
Pontos de Exp:
200/250  (200/250)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum